Ideias para negóciosNovidades

Primeiro de maio com novos formatos de trabalho

Carteira de trabalho | Imagem: iStock

No dia primeiro de maio é comemorado o Dia do trabalho em mais de 80 países do mundo. Para celebrar a data tão importante, trouxemos curiosidades sobre o dia e destacamos os modelos de trabalho que estamos vivendo, além de dar dicas legais de engajamento com funcionários. Vem saber mais!

Origem do Dia do Trabalho

Poucas pessoas sabem, mas o dia primeiro de maio é uma data histórica e surgiu em Chicago, nos Estados Unidos, no ano de 1886. Na ocasião, trabalhadores foram às ruas para protestar contra uma jornada de trabalho excessiva, que podia chegar a mais de 16 horas ao dia. Neste dia, também aconteceu uma greve geral e logo a luta dos norte-americanos foi reconhecida e se espalhou por outros países. 

Na virada do século XX, já eram notáveis as melhores condições de trabalho, graças à luta dos trabalhadores, que conseguiram uma redução de jornada para 8 horas diárias de trabalho. No Brasil, essa data passou a ser celebrada como um marco histórico em 1925, na gestão de Artur Bernardes.

Neste ano de 2021, a data foi marcada por atos a favor do governo – com crítica ao Supremo Tribunal Federal, pedido da volta do voto impresso e fim das restrições sanitárias – e alguns atos contra, em que carreatas e passeatas pediram vacinas, direitos trabalhistas e volta do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600, de acordo com o G1.

Modelos de trabalho

Home office: uma coisa pontual?

Muitos brasileiros preferem trabalhar à distância, diz estudo | Imagem: iStock

Com a pandemia da Covid-19, ocorreu uma mudança drástica nas formas de trabalho. Como a prevenção da doença inclui o distanciamento social, foi fundamental manter a maioria dos trabalhadores em casa, deixando fora desse distanciamento apenas aqueles que exercem atividades essenciais ou aqueles que só conseguem praticar seus ofícios presencialmente. Assim, o que conhecemos como “Home office” ficou em evidência e se tornou uma realidade na vida de muitos brasileiros. 

Com a nova realidade, todos nós precisamos nos organizar com diversas situações atípicas que fazem parte do cotidiano de quem mantém uma rotina de trabalho em casa, como quedas de internet, barulhos na vizinhança (e dentro de casa!) ou as próprias tarefas domésticas em si. No entanto, apesar das dificuldades, grande parte dos brasileiros demonstrou que prefere permanecer trabalhando à distância, mesmo após a pandemia. Segundo uma pesquisa realizada pela FEA, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, 70% dos brasileiros preferem o trabalho remoto e, entre os principais motivos de satisfação com esse modelo estão o conforto e a economia de tempo com o deslocamento

É claro que existem divergências entre as preferências no modo de trabalhar, mas o que sabemos é que, em decorrência da pandemia, essas mudanças permanecerão por um bom tempo. Por isso, é um ótimo investimento montar, em casa, um ambiente de trabalho organizado para ajudar na produtividade

Que tal manter uma carinha profissional, mesmo à distância? Conheça o Kit Home Office, desenvolvido pela Printi – que com certeza vai te ajudar nessa missão e o melhor de tudo: de um jeito personalizado. Aproveite!

Conheça o Kit Home Office, desenvolvido pela Printi | Imagem: Printi

Trabalho presencial: cuidados importantes

Alguns setores mantiveram o trabalho presencial na pandemia | Imagem: iStock

Mesmo restrito, o trabalho presencial continuou existindo nas diversas fases da quarentena. Junto a ele, veio a preocupação em garantir medidas de proteção que contivessem a transmissão do coronavírus. 

Não foram todos os setores que puderam se manter ativos presencialmente durante os últimos meses. As chamadas “atividades essenciais”, que envolvem principalmente os setores de saúde e abastecimento, mantiveram normalmente as atividades. Além desses, outros trabalhadores gradativamente assumiram os postos de trabalho. Em todos esses casos, todavia, a orientação é clara: mantenha-se atento às regras de segurança.

Entre as medidas de proteção divulgadas pelo Ministério da Saúde, estão a higienização correta das mãos com água, sabonete líquido e, principalmente, álcool em gel 70%. Além disso, recomenda-se um distanciamento mínimo de um metro entre os trabalhadores e o público. Todos devem adotar o uso de máscaras de proteção e, durante as refeições, a orientação é para que os trabalhadores sejam liberados em horários diferentes, para evitar aglomerações nos refeitórios.

Se puder, fique em casa!

Mantenha o distanciamento social sempre que possível | Imagem: iStock

Diante do cenário crítico que estamos vivendo, é fundamental lembrar a todos da importância de permanecer em casa e seguir todas as medidas de proteção recomendadas pela Organização Mundial da Saúde. Deste modo, podemos salvar vidas e acelerar o fim da pandemia. Sejamos responsáveis dentro e fora do ambiente de trabalho.

Um feliz dia para todos nós, trabalhadores!

Etiquetas

Isabela Gomes

Jornalista inquieta, apaixonada por histórias, fã de Sherlock Holmes e, nas horas vagas, escreve umas crônicas sobre os detalhes da vida.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar