6 coisas que você deve saber sobre Flat Design

O minimalismo vem sendo abordado em diversos campos. Será este o futuro mais promissor do design para interface de usuários? Vamos descobrir a tendência do design plano e o que podemos aprender com ele.

No passado, os web designers deram um foco especial em sites com ilustrações chamativas e animações que, supostamente, impressionavam os visitantes. Depois, veio uma mudança na direção de design skeuomorphic, que tentou trazer a vida real para a tela, com texturas faux-realistas, sombras e características reais dos objetos.

Hoje, as motivações são focadas em dar forma à tendência de flat design, que se opõe a todas estas técnicas de design “artificiais”, em favor de uma estética digital mais simplificada e clássica.

O minimalismo aplicado ao design

O que é flat design?

Flat design ou, traduzindo para o português, design plano é uma abordagem de design minimalista que enfatiza a usabilidade e defende a simplicidade e clareza em interfaces. Possui um aspecto mais limpo, espaço aberto, bordas nítidas, cores vibrantes e ilustrações “planas”.

O desktop do computador ou a calculadora do IPhone são projetados para parecer objetos reais. Mas será que precisamos de todos esses elementos visuais e detalhes extras? Os defensores do Flat Design acreditam que não.

A Microsoft foi uma das primeiras empresas a aplicar este estilo de forma radical e pronunciada em sua interface no Windows 8, visto por alguns como uma reação contra o projeto skeuomorphic, aplicado pela Apple em sua interface iOS. Ao invés de dar vida a um objeto, em uma ilustração realista, os defensores do flat design identificam o aplicativo através de representações simples. Este conceito mostra uma separação clara entre a tecnologia e os objetos táteis. Isso significa não utilizar bordas chanfradas, gradientes, sombras e reflexos.

Exemplos da tendência do flat design

Outro exemplo de design plano é o Google Now. Ao invés de separar as informações dentro de ícones estáticos, exibe dados em um cartão de tamanho padrão que é fácil de ler.

Aspectos minimalistas

No projeto, elementos ornamentais são vistos como desordem desnecessária. Se um aspecto não serve a nenhum propósito funcional, é uma distração da experiência do usuário. Esta é a razão para o carácter minimalista de desenho plano.

No entanto, só porque ele não tem qualquer design chamativo não significa que este estilo é chato: cores contrastantes e vibrantes fazem ilustrações e botões chamar a atenção facilmente e guiar o olho do usuário. O objetivo do minimalismo também contribui para o caráter funcional do flat design.

Rápido para compreender

Imagens simples transmitem mensagens de forma mais rápida do que ilustrações detalhadas. Ícones podem indicar ações ou propósitos universais de fáceis compreensão. É fácil ver uma diferença imediata entre um skeuomorphic e um design plano: blocos de cores sólidas chamam mais atenção e o significado dos ícones podem ser rapidamente percebido.

O que você pode aprender com Flat Design

Design plano reverte para os conceitos básicos de design como uma ferramenta funcional e obriga o design a manter o foco na experiência do usuário. Utilizar este estilo aumenta a probabilidade de sucesso do projeto.

Como fazê-lo

Para criar um site com base nos conceitos de flat design de forma eficaz, todos os elementos de design devem ser centrados sobre a ideia de simplicidade e função do elemento.

Elementos sólidos e cores vivas dão a ênfase necessária para separá-los no lugar de pormenores ilustrativos; as tipografias conhecidas como sans serif (sem serifas) fornecem um ambiente limpo e nítido; texto conciso e direto, elementos de interface com botões e links claros e perceptíveis. Tudo deve ser projetado com o mesmo objetivo para criar um projeto visual e funcional coeso.

Como aplicar o flat design

E depois do flat?

Embora o mundo está, definitivamente, seguindo a tendência do liso, o design não vai ser plano para sempre. Depois do nivelamento radical, provavelmente vamos ver os designers reintroduzir cuidadosamente dimensionalidade onde é realmente necessário.