Ideias para negócios

Como resolver a falta de designers na agência

O mercado freelancer está em alta. Diversos profissionais estão abrindo mão de seus empregos CLT para empreenderem ou trabalharem para si mesmos.

Horário flexível, definição das próprias demandas de trabalho, aumento de rendimentos, maior disponibilidade para viajar, participar de eventos e até estudar, são alguns dos benefícios que estão atraindo esses profissionais.

Enquanto o número de profissionais à procura de formas de trabalho informais aumenta, a quantidade de bons designers trabalhando dentro das agências vem diminuindo.

As agências precisam de designers, mas como podem resolver esse falta de profissionais disponíveis para contratos formais?

Neste artigo vamos dar algumas dicas que podem ajudar as agências. Confira!

1. Procure um designer freela (ou vários)

Bons profissionais são muito requisitados no mercado. Por isso, quando encontramos um bom designer, normalmente, ele já está trabalhando em outra empresa. Ainda assim, é comum que esses profissionais estejam abertos para projetos freelas.

Trabalhar com um designer freelancer pode ser muito vantajoso para a agência, pois ela paga por projeto fechado e não tem custos para manter o profissional no escritório.

Ah! E não se preocupe com as reuniões. Existem diversos softwares como Skype e Hangout que podem te ajudar com essa parte.

Procure um designer freela

2. Contrate estagiários

Tem muito estudante de design que é tão bom – e, algumas vezes, até melhor – quanto um profissional formado.
Além de dar oportunidade para quem está entrando no mercado, a agência pode suprir sua necessidade.

É importante se atentar para 3 questões importantes:

1. A agência deve ter pelo menos um designer profissional para orientar os estagiários e se responsabilizar pelo projeto (isso é claro, dependendo do tamanho da empresa).

2. Estagiários têm limite de cargas horárias para cumprir. Por isso, a agência não pode exigir que eles trabalhem além dessa carga.

3. Estagiários não são profissionais. Não contrate um designer com salário de estagiário e exija que ele cumpra funções de um profissional.

Contrate estagiário

3. Invista nos melhores templates

Muitas agências já trabalham dessa forma. A compra de templates agiliza o processo de desenvolvimento de layouts, pois o designer só precisará adaptá-los de acordo com as necessidades do projeto. Com isso, a agência consegue reduzir o tempo e a mão de obra de trabalho. Para uma agência que já está com o número de profissionais em defasagem, a utilização de templates pode ser bem útil.

O maior problema é que, como essa prática é comum, os templates não são personalizados e exclusivos, ou seja, eles podem ser visto em outros projetos.

Invista nos melhores templates

Não encontrar designers profissionais pode ser um pesadelo para qualquer agência, mas com essas dicas é possível contornar esse problema por um período ou por tempo indeterminado, se a agência se planejar.

A sua agência já aplica alguma dessas estratégias? Gostaria de compartilhar outras dicas conosco? Deixe um comentário abaixo.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar