Novidades

Google Station, serviço de wi-fi gratuito do Google, chega a SP

No último dia 06, foi lançado em mais de 80 pontos da cidade de São Paulo o serviço de wi-fi gratuito do Google. O projeto Station já não é novidade no mundo, mas chegou ao Brasil somente agora, com pontos na capital de São Paulo, alguns no Grande ABC, em Itapevi e na Ilhabela. A ideia é de levar internet rápida e grátis para todo mundo.

A iniciativa de oferecer wi-fi gratuito é muito importante porque hoje a internet é, além de entretenimento, informação e instrumento de aprendizagem. Sua ação no meio social colabora com a autonomia dos cidadãos.  Ou seja, motivo de comemoração. Propostas como essa trazem muitas possibilidades!

Ter acesso ao wi-fi grátis é simples: basta encontrar a rede Google Station no celular, notebook ou tablet, colocar um número de celular e confirmar a conexão com um código gerado por SMS. A navegação encerra após 30 minutos.

O serviço de wi-fi gratuito do Google tem o apoio de parceiros como Linktel, America Net e Itaú para chegar a vários lugares, como estações Brás, Luz, Tamanduateí, Vila Olímpia, Berrini, Primavera-Interlagos e Grajaú da CPTM, parques Ibirapuera, Ecológico da Vila Prudente, diversas praças e ao CEU Inacio Monteiro.

Veja o mapa do Google Station para saber onde encontrar wi-fi grátis em qualquer lugar do mundo!

Novidades além do wi-fi gratuito

O anúncio das redes de wi-fi grátis foi feito no Google for Brasil, evento anual que contou com mais lançamentos além da notícia para a cidade de São Paulo. Outra novidade do evento que chamou atenção foi o celular simples da Positivo, o KaiOS. Pensado para quem não se dá muito bem com telas touch e sente saudades dos velhos e funcionais botões – ou em quem precisa de um celular com preço mais acessível mas que tenha funções básicas – o aparelho não fica na pré-história e apresenta algumas ferramentas de smatphone, como botão exclusivo para que o usuário tenha acesso ao WhatsApp e ao Google Assistente, que atende e responde por voz. Ele estará disponível para compra até o fim de junho, por R$279.

Internet das Coisas

No âmbito político, algumas medidas em relação à conectividade também estão tramitando. Com a ideia é estimular negócios e atrair investimentos que promovam a conexão, o Plano Nacional de Internet das Coisas chega à etapa final. Sua minuta de decreto foi enviada à Casa Civil nesta sexta (14), pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Marcos Pontes. A legislação deve inclusive flexibilizar impostos para alguns setores de tecnologia.

 

 

 

Etiquetas

Julia Viana

Editora do Blog da Printi, uma jornalista que encarou um novo papel para falar de mundo gráfico e inovação - sem nunca deixar a criatividade e os assuntos mais comentados do momento de lado.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar