O design focado em objetivos organizacionais

A premissa básica de um negócio é que empresas têm objetivos e clientes têm necessidades. Satisfazer essa demanda significa ter uma operação comercial bem sucedida com pontos de contato entre empresa-cliente.

Esses pontos de contato são incorporados em todos os tipos de produtos, serviços e ambientes da organização. A comunicação é utilizada para apresentar este conceito ao consumidor através de websites; impressos gráficos como folders, catálogos, panfletos, entre outros; anúncios; trade marketing; merchandising; etc. Os designers são invariavelmente envolvidos na concepção destes conceitos empregando uma variedade de ferramentas e processos.

O design aplicado as estratégias de comunicação

Então, o que é designer estratégico?

Consiste na aplicação deliberada de ferramentas e técnicas para desenvolver e implementar ideias voltadas para o cliente. Ele redefine como os problemas são abordados, identifica oportunidades de ação e ajuda a oferecer soluções mais completas e resistentes.

A abordagem do design estratégico tem se revelado particularmente bem sucedida quando a empresa traduz seus objetivos através da inovação, posicionamento competitivo, diferenciação da marca, custo-benefício e qualidade. A Apple, Target e Starbucks são excelentes exemplos de empresas que incorporam a abordagem do design estratégico em seus modelos de negócios, proporcionar experiências inovadoras, conquistar a lealdade e brand equity. As empresas precisam descobrir, através de pesquisas, o tipo de informação que o público alvo julga importante para focar seus projetos de design nas mesmas.

O designer estratégico oferece três competências essenciais:

Integração

Os principais decisores de uma organização nem sempre conseguem visualizar o problema como um todo. A abordagem integrativa do design contribui para fortalecer relacionamento entre pessoas e organizações, para fornecer um ponto de vista abrangente.

Por atuar em diferentes áreas, o design estratégico define a “arquitetura do problema”, destacando as principais oportunidades de melhoria e as consequencias de um problema.

Difundir, interpretar e absorver a comunicação

Visualização

A mudança do algarismo romano para o arábico permitiu ao Ocidente lidar com a complexidade numérica de uma forma sem precedentes, provocando uma profunda transformação da civilização.

Hoje, os desafios que enfrentamos chegaram a um novo nível de complexidade e incerteza, onde planilhas e outras ferramentas analíticas são pouco familiares.

Especialista em representação visual, o designer estratégico usa esta habilidade como um importante e interativo meio de comunicação para transmitir aos colaboradores, parceiros e até clientes informações que seriam difíceis de explicar apenas com textos e números.

A mudança dos algarismos e os benefícios para a comunicação

Administração

Boas ideias são fáceis de encontrar, porém implementá-las não é tão simples. Nos últimos anos, a ênfase no “design thinking” foi poderosamente demonstrando o valor de aplicar a criatividade de forma inteligente, em um contexto de negócios.

Mas o projeto bem sucedido não é apenas desenvolver o pensamento criativo. Envolve também a aplicar e assegurar que ideias fundamentais mantenham sua integridade durante o processo. Designers devem estar envolvidos durante todo o processo formação e mudança, fornecendo conhecimentos e feedback constante para identificar, testar e entregar soluções duradouras.

O designer estratégico detém a função de manter o ponto de contato entre a política e imagem da empresa, seus colaboradores e clientes, fazendo com que a mensagem seja transmitida de forma simples e visualmente criativa, atraindo a atenção e conquistando a fidelidade do destinatário e alcançando o objetivo proposto em dentro do planejamento.