Novidades

As principais diferenças entre a arte e o design

É comum uma série de associações e dúvidas surgirem quando se fala da relação entre o design e a arte. Como por exemplo: é a mesma coisa? Quais são as suas diferenças? Quais são as suas características? Para responder a essas perguntas, primeiramente, é preciso saber o que é design e o que é arte.

O que é design?

Design (do latim designáre) significa “marcar; indicar” e posteriormente do francês désigner, que significa “designar; desenhar”.

Segundo o dicionário Michaelis, design é uma concepção de um projeto ou planejamento.

Esse conjunto de expressões e palavras traduz muito do que realmente é o design. Em essência, design é projetar algo no campo sensorial. É criar soluções para uma ideia ou para uma necessidade.

No cotidiano é possível ver o design aplicado através de logotipos, cartazes (impressos ou digitais), tipografias, embalagens, sistemas de identidade visual e etc.

A concepção de design

O que é arte?

Arte (em latim ars, artis) vem da palavra ágere, que significa agir, e que por sua vez corresponde também ao termo grego “tékne”, que significa técnica e habilidade.

Assim, pode-se definir em linhas gerais que arte é uma ação movida por técnica e habilidade que procura transmitir algum sentimento e/ou pensamento para quem a contempla, tendo, geralmente, uma preocupação com a estética. É claro que, ao longo da história da arte, esse conceito foi sendo transformado. Foi acompanhando as mudanças da humanidade em percepção e em valores, sendo que hoje não temos um padrão muito bem definido do que é arte, mas temos como referência expressões artísticas muito conhecidas, como: teatro, música, dança, cinema, fotografia, ilustração e etc.

A concepção de arte

Quais são as diferenças?

Normalmente as pessoas que não são envolvidas nessas áreas costumam ter muitas dúvidas a respeito do design e da arte, principalmente no que diz respeito as suas diferenças, ou até mesmo, por não saberem diferenciar, consideram ambos a mesma coisa, porém eles são diferentes.

O design, por estar mais ligado as necessidades do mercado, busca atribuir objetividade em seus trabalhos, podendo também utilizar técnicas artísticas para produzir suas peças. Um exemplo disso é o artista francês Toulouse Lautrec que pintava cartazes e exerceu imensa influencia na história do design gráfico mundial.

Já a arte busca transmitir algo através de uma técnica, utensílio ou até mesmo utilizando apenas o seu próprio corpo, como é o caso do teatro e da dança, com a simples finalidade de se expressar, sem ter uma preocupação efetiva com a interpretação do público sobre aquilo que está sendo apresentado, ou seja, ela é subjetiva.

Portanto, as diferenças entre o design e a arte são as suas intenções e objetivos finais. Enquanto a arte propõe uma interpretação subjetiva de suas obras, o design propõe algo objetivo, onde as pessoas serão capazes de entender e podem vir a comprar o produto e/ou serviço apresentado, ou aderindo a uma ideia, no caso de uma propaganda.

Quais são as características?

Embora sejam diferentes, o design e a arte possuem algumas características em comum, como: a busca pela criatividade, o uso de algumas ferramentas e técnicas (softwares gráficos, ilustração e etc), transmissão de uma mensagem, uso de referências para inspiração.

Essas características são responsáveis pela confusão que há entre esses dois meios de comunicação, mas agora você já sabe o que faz com que cada um seja diferente e o que os  torna tão únicos e tão presentes em nosso cotidiano.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar