Todo designer precisa saber desenhar?

Você quer ser um designer gráfico. Tem olho para os detalhes, adora trabalhar com tecnologia e pessoas e está animado com a possibilidade de comunicar mensagens visuais para um grande público.

Então, qual é o problema? A verdade é que você não é exatamente o mestre dos desenhos. A boa notícia é que você não está sozinho! Não é preciso deixar de lado o seu objetivo de carreira só porque você não é o próximo da Vinci.

Na verdade, possuir habilidades de desenho, geralmente, não é sequer uma exigência na maioria das descrições para uma vaga de design gráfico. Na maioria das postagens, as habilidades com uma maior demanda estão associadas a um software de design.

Ou seja, a falta de habilidade com desenho definitivamente não impede um profissional de seguir essa profissão. Há muitas outras habilidades que se pode desenvolver para prosperar na indústria.

Continue lendo esse post e veja dicas para superar sua preocupação.

1. Use a tecnologia

Quando o lápis e o papel falham, um computador ou uma tablet de desenho podem salvar o dia. Uma maneira de criar uma boa arte sem ter que desenhar é encontrar uma imagem, ou tirar uma foto, importá-la para o Adobe Illustrator, tornando-a um modelo, adicionar um layer e criar os contornos com a ferramenta caneta. Esta é uma boa maneira de dar forma a algo que você deseja criar.

Você também pode usar a tecnologia para melhorar as suas habilidades de desenho. Existem vários programas de desenho e produtos disponíveis para ajudá-lo a se tornar um ilustrador melhor como o Bamboo ou uma tablet que se conecte ao computador e se integra com o Photoshop ou Illustrator.

ferramentas de design

2. Tenha boas habilidades de comunicação

Você é um especialista em comunicação? Pois saiba que a capacidade de comunicar efetivamente uma mensagem para o seu público é mais importante do que desenhar.

Design gráfico é sobre comunicação, não sobre desenho. O design é o meio para criar uma conexão emocional com uma mensagem e despertar a ação desejada do leitor.

O trabalho do designer é identificar e ser capaz de articular uma mensagem, a essência de uma marca e como ela é alcançada pela ideia que está apresentando. A estética é uma prioridade secundária.

habilidades do designer

3. Aprenda os conceitos básicos do design

Muitas das habilidades necessárias para prosperar na carreira de design gráfico podem ser aprendidas. Não é preciso ser um Picasso ou um Monet para entender os conceitos básicos da profissão. O design gráfico difere da arte quando se considera o conhecimento técnico que um designer gráfico precisa ter.

Para se destacar como designer é preciso dominar tudo, desde como operar um software de design, a teoria da cor, tipografia, composição, experiência do usuário (UX), a psicologia por trás do marketing e muito mais. Esses fundamentos de design são coisas que se pode aprender, desenvolver e aplicar no processo criativo sem a necessidade de saber desenhar.

conceitos de design

4. Encontre o seu nicho em um campo mais técnico

Felizmente, o design é uma indústria crescente. Você pode procurar uma função especializada em um campo mais técnico.

O design gráfico tornou-se um campo amplo que abrange funções que vão desde o técnico e analítico ao visual e ilustrativo.

Se você não é bom em desenho e não aspira ser, pode se concentrar nos campos mais técnicos, como design de interface do usuário e design UX.

mercado de design

Você está pronto para superar seus medos e começar a sua carreira? Conheça a gráfica do futuro e se destaque no mercado!

 

Veja também: