DesignNovidades

Unhide: evento de design promete mudar a comunidade da arte digital [Curadoria de projetos de Design] #2

No último fim de semana (27, 28 e 29 de setembro) aconteceu a segunda edição do Unhide Conference – evento realizado pela Unhide School voltado para designers com workshops, palestras e estandes. O evento de design promete mudar a comunidade da arte digital no cenário brasileiro. Esse é o segundo post da nossa Curadoria de projetos de Design que pretende te inspirar. Vem saber o que rolou!

Antes de começar, você sabe o que é a Unhide School? Trata-se de uma plataforma digital similar à Netflix, na qual o assinante paga uma mensalidade sem fidelidade para ter acesso aos mais diversos cursos de design, animação, vfx, direção de arte, fotografia, dentre outras modalidades.

Unhide Conference

Agora vamos à Unhide Conference em si. O ponto focal dos três dias de evento foi a comunidade do design. Entre grandes talentos contemporâneos – como Beeple, Marti Romances, Jama Jurabaev – e estúdios de ponta , como Vetor Zero, Combo Estúdio, O2 Pós – as palestras foram sempre voltadas aos designers. Um tema recorrente foi impulsionar e creditar o público criativo que assistia aos conteúdos: ficou bem claro ali que espectadores, que tanto se inspiram nos talentosos presentes nos palcos do evento são, ao mesmo tempo, inspiração para os próprios palestrantes no dia a dia.

Para estreitar esse laço, no final de cada dia da Unhide Conference, o hall entre estandes dava espaço a uma festa regada de interações casuais entre apresentadores e público. A sensação era que aqueles artistas vencedores de Cannes, Oscars (sim, Oscars!) e diversos outros prêmios eram mortais em um mar de criativos.

LEIA MAIS

2019 Design Trends [Curadoria de projetos de Design] #1

2ª temporada de Abstract: The Art of Design chega à Netflix – Conheça esse e outros títulos para quem curte o tema

Organize sua mesa e seja mais produtivo em dois passos

Você sabe o que é Design de Interação?

Tecnologia

Mas nem só de inspiração vive o artista, não é mesmo? Grandes empresas de tecnologia de softwares da indústria (assim como Adobe, Unity, Foundry, Cinema 4d) doaram seus profissionais de ponta para passar tudo que sabem para quem estava lá. Meredith Payne, gerente de produto do Photoshop há 20 anos, foi ovacionada do começo ao fim de sua palestra. No palco ela gentilmente ensinou o Photoshop para muito “macaco velho” que estava por lá.

Mulheres na liderança

Falando em mulheres, o poder feminino na indústria foi muito bem representado. Assim como Meredith Payne, outro nome de peso foi Lúcia Modesto, diretora de design da Globo. Com muito bom humor ela mostrou trabalhos desde sua primeira vinheta – a primeira do Tela Quente, atração de filmes vespertinos da Globo), até os bastidores do seu trabalho na Dreamworks, com clássicos como Shrek. Neleela chegou a literalmente doar seu cabelo para ser digitalmente aplicado em 3D no personagem Lord Farquaad.

Quem sabe faz ao vivo

Falando em bom humor e talento, Beeple, praticamente um rockstar do evento, levou diversas críticas à sociedade para a cena. Com seu trabalho em 3D ele fez, ao vivo, para uma audiência de mais de 2.500 pessoas, um trabalho alfinetando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e Jair Bolsonaro, presidente do Brasil. Em 1 hora ele arrancou risadinhas até dos mais ranzinzas.

Assim como ele, Jama Juravaev foi muito espirituoso ao apresentar seu trabalho como diretor de arte. O responsável por criar a arte e o conceito para grandes produções, como Star Wars, Jurassic World e Aladdin. E ainda teve tempo para criar uma cena em Realidade Virtual – ao vivo, é claro – deixando a plateia com o queixo no chão.

Aprendizados na Unhide

Assim como Jama, Marti Romances também deixou o público encantado ao mostrar como sua skill com UI e UX e Motion Design o ajudaram a criar todas (sim, todas!) as telas futuristas de computadores que aparecem na série cinemática “Os Vingadores”. Além disso, terminou com um forte discurso sobre como todos os artistas conseguem chegar onde desejam, com muita perseverança e aprendizado.

Para fechar o evento, essa mesma perseverança foi coroada com o Unhide Awards. A premiação foi aberta em duas vertentes: o trabalho autoral e o comercial. Diversas modalidades, assim como animação, 3D e ilustração foram analisadas por jurados de peso, como o diretor Carlos Saldanha, indicado duas vezes ao Oscar.

Em toda Unhide Conference, um sentimento se destacou: a esperança. A expectativa dos artistas em se tornarem aquilo que passam tantas noites em claro para conseguir. O evento, em sua possível volta no ano que vem, deixa a esperança de ser ainda maior e mudar ainda mais o cenário do design brasileiro.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar