Biblioteca

A influência da música no processo criativo

A harmonia entre música e criatividade | Imagem: iStock

Não tem como negar que música e criatividade são elementos que convivem em perfeita harmonia, né? Aliás, essa união é responsável por muitos trabalhos incríveis que encontramos por aí. Mas, você sabe de que forma essa combinação impacta no nosso imaginário? Para desvendar os mistérios da influência da música no processo criativo, conversamos com a Lidiane Alves, publicitária e professora de Direção de Arte e Computação Gráfica na Fundação Instituto de Educação de Barueri.

O processo criativo

Processo criativo | Imagem: iStock

Sabemos que o processo criativo é essencial na construção de qualquer projeto, mas, além disso, deve ocorrer de forma espontânea e individual. “Podemos definir esse processo como uma espécie de caminho pelo qual o criativo passa quando precisa criar algo, a forma que ele organiza suas ideias e as coloca em prática. A partir do momento que você tem uma entrega para fazer, quais são as etapas que você cumpre? Pesquisa, rascunhos, testes… esse caminho pelo qual você vai passar para desenvolver o trabalho é o chamado processo criativo”, define Lidiane.

Sendo assim, é muito importante seguir etapas para entender como acontece o impacto musical. “A música melhora muito a concentração, e, consequentemente, torna os trabalhos mais leves e mais únicos. É como se você conseguisse silenciar o mundo e ter toda a atenção voltada para a tarefa que está desenvolvendo”, relaciona.

Para que você que está nessa fase, a Lidi deixa algumas dicas de sucesso:

  1. Apodere-se do que está criando, faça pesquisas prévias que te ajudem a ter o máximo de ferramentas para desenvolver algo que não seja superficial;
  2. Não deixe nada para última hora, o tempo precisa ser aliado durante a criação;
  3. Organize-se para começar a fazer, dar um tempo, mudar de ideia e começar de novo, tudo isso ajuda a ter um resultado final melhor;
  4. Ouça algo que você curta muito e que te deixará à vontade para criar.

Música e criatividade

O poder da música | Imagem: iStock

As composições musicais atingem os sentidos, o que, por consequência, instiga a criatividade. Por outro lado, também é comprovado que o ritmo ouvido é escolhido de acordo com o estado de espírito, então quanto mais feliz você estiver, mais músicas animadas ouvirá e mais criativo será, de acordo com pesquisa da Universidade de Tecnologia de Sidney, na Austrália. “A música tem o poder de me tirar da realidade e me levar para outro lugar. Ouvindo uma música consigo me concentrar no seu ritmo, nos instrumentos, em como eles se integram criando algo único“, declara Lidiane.

Nós, seres humanos, temos a musicalidade como uma representação dos sentimentos de forma que possamos reconhecer sensações próprias e ativar memórias, como a Lidi explica. “A partir da compreensão da letra e da dinâmica da música, posso me lembrar de coisas que vivi ou imaginar coisas que gostaria de viver, esse ato em si já é criar. É dessa forma que a música vai se conectando com a criatividade e a imaginação“.

De modo espontâneo, é estabelecido um laço entre você e a música. “Quando preciso desenvolver um trabalho grande, que demande tempo e concentração, a primeira coisa que faço é montar uma playlist ou escolher uma banda/ artista para ouvir. O play na música é sinônimo de start do trabalho”, conta.

Estilos musicais

Ouça o que te faz bem | Imagem: iStock

Para você que veio em busca de dicas de estilos musicais que melhor se adequem ao seu processo criativo, saiba que você já tem a resposta. “Algo que sempre falo para meus alunos quando estamos estudando processo criativo, é que para criar precisamos estar à vontade e, de preferência, nos sentindo bem, por isso, o estilo musical mais indicado quando penso em criar algo é aquele que eu gosto de ouvir“, aconselha a publicitária. “Imagino que colocar qualquer música para tocar que eu não me identifique vai me desconcentrar, vou começar a pensar em outras coisas que poderia ouvir naquele momento e, ao invés de me ajudar, vai acabar atrapalhando”, finaliza.

Portanto, agora que você já conhece o poder da música no processo criativo, agora é só dar um play na sua playlist preferida e começar os trabalhos! 🙂

Etiquetas

Maryene Oliveira

Apaixonada pelo mundo da comunicação, uma futura radialista movida por dança, literatura, desafios e ideias mirabolantes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar