Ideias para negócios

Como escolher o melhor cardápio para o seu restaurante

A experiência de um cliente em um restaurante começa pelo cardápio. Se você pretende aguçar os paladares e promover o interesse pelos seus pratos, tornando essa experiência algo agradável, é fundamental tomar alguns cuidados na hora de elaborar o design desse material gráfico.

Como escolher o melhor cardápio para o seu restaurante?

Um cardápio de fácil leitura e compreensão e com um belo design é o primeiro passo para promover a satisfação do seu cliente logo na chegada do seu restaurante.

Para que ele seja um cardápio bonito, limpo e tenha uma boa apresentação, você também precisa tomar alguns cuidados com relação ao material de impressão.

Separamos algumas dicas que vão te ajudar nessa tarefa, de investir no material certo para elaborar um cardápio perfeito e muito durável.

Material de impressão

Derramar comida e bebida no cardápio é algo que acontece com muita frequência em todo restaurante.

Por isso, imprimir seu cardápio em um papel simples e sem nenhum tratamento pode fazer com que ele fique sujo e engordurado rapidamente, prejudicando também a imagem do restaurante.

É necessário escolher um bom papel para a impressão do seu cardápio, com gramaturas mais altas que costumam ser mais resistentes e tendem a absorver menos resíduos.

Para evitar que o cardápio fique sujo com facilidade, outra dica é cobri-los com películas plásticas que beneficiam a limpeza e a durabilidade.

Design

Um cardápio precisa ser claro, com fácil visualização, proporcionando uma leitura agradável. Por isso, nada de amontoar letras para explicar cada prato.

Escolha letras com um tamanho razoável que facilite a leitura. O tipo de fonte precisa estar alinhado tanto com a comunicação visual do restaurante, como com o próprio cardápio.

Na dúvida do tipo de fonte, busque as fontes serifadas que costumam proporcionar uma leitura mais prazerosa.

Entre a descrição de cada prato, guarde alguns espaços em branco. Os chamados “respiros” são outro recurso que costuma facilitar a leitura.

Procure dar destaque aos pratos que são o carro chefe da casa. Caixas de texto ou negrito são bons recursos que devem ser utilizados para valorizar esses pratos.

Por fim, é fundamental não exagerar nas cores, para que a leitura não se torne cansativa.

Fotos

Alguns restaurantes optam por inserir fotos no cardápio, no entanto, é preciso ter muito cuidado com essa escolha.

Fotos amadoras prejudicam a apresentação dos pratos e fotos muito produzidas acabam gerando expectativas nos clientes que, ao final, podem gerar frustração.

Trata-se de um tema delicado, por isso, avalie com cautela o uso de fotos.

Preços

A maioria dos clientes se guia pelo preço e não pelos pratos. Para facilitar essa comparação, busque alinhar os preços na margem direita da página.

Se você pretende dar mais destaque aos pratos, no entanto, procure deixar o preço após a descrição do prato. Isso fará com que o cliente leia o conteúdo antes de avaliar o valor.

Com essas dicas seu cardápio ficará muito mais atrativo, focando a atenção do cliente nos pratos e gerando uma experiência agradável desde o primeiro contato.

O que achou dessas dicas? Tem dúvidas sobre como elaborar um cardápio perfeito? Deixe seus comentários abaixo e compartilhe sua experiência conosco!

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar