EntrevistasIdeias para negócios

Álcool gel em sachê: oportunidade em meio ao desafio [Entrevista Silvio Fontes, CEO da HigGel]

No período de distanciamento social, muitos negócios deram grande atenção a seus serviços de entrega em domicílio. A Printi, como empresa solucionadora, se tornou parceira da HigGel, que trabalha na produção e comercialização de sachês de álcool gel.

Para que você conheça um pouco mais desse mundo, entrevistamos Silvio Fontes, CEO da HigGel. Ele nos deu bastante informação sobre essa novidade que deve nos acompanhar por bastante tempo.

O começo da empresa

Fontes conta que a ideia de empreender e abrir um negócio como a HigGel surgiu quando ainda era executivo de uma grande empresa de mídia impressa no Brasil. “Trabalhei nessa empresa por 10 anos até tomar a decisão de empreender, o que era um grande sonho, pois nunca me contentei com o trabalho sistematizado. Tinha grandes ideias e desejava ardentemente colocá-las em prática para contribuir de alguma forma com o mundo em que vivemos”, explica.

“Sempre tive a vontade de montar um negócio que pudesse ajudar as pessoas a viverem melhor e terem suas necessidades atendidas, e que fosse ao mesmo tempo moderno, inovador e diferente de tudo que já existe. Hoje a HigGel produz e comercializa álcool gel em sachês. Atuamos com a linha da marca HigGel e com a linha de sachês personalizados com a logomarca do cliente”.


O nicho de mercado

Fontes conta que o uso de álcool gel sempre fez parte da sua rotina desde antes de se tornar um produto de destaque e descrito como essencial como nos dias de hoje. “Me incomodava muito encontrar na mesa de um restaurante sachês de vários tipos de coisas (sal, ketchup, azeite, etc.) e não encontrar o de álcool gel”.

Ele decidiu então pesquisar o mercado para ver se esse nicho de mercado de fato existia e decidiu investir. “Fiz diversas pesquisas e descobri que esse produto não existia no mercado, e então vi a oportunidade de lançá-lo, a fim de que se tornasse um hábito de consumo das pessoas, ajudando-as a viverem mais protegidas”, explica.

Desafios da pandemia

O momento da pandemia é bastante complicado, mas ofereceu algumas oportunidades de mercado para o nicho explorado por Fontes. “Hoje a HigGel atende desde grandes redes de fast food, supermercados e farmácias (produção em escala de milhões), até a um pequeno comércio que necessita de apenas algumas poucas mil unidades. O que inicialmente foi um desafio, tornou-se oportunidade de expansão para a empresa”.

“No caso do produto que comercializo [o álcool gel], o grande desafio para a empresa foi a comercialização em escala. Do dia para a noite vimos um mercado pelo produto que era extremamente “segmentado” se abrir e muitas empresas que antes não viam necessidade na aquisição desse produto passarem a querer comprá-lo”, fala o CEO sobre sua produção.

“Tivemos que nos adaptar rápido para atender a toda a demanda. Em um intervalo de 3 meses adquirimos maquinários adicionais e hoje já podemos atender a todo tipo de demanda de mercado com rapidez e qualidade, um dos nossos principais diferenciais”, completa.

“Atualmente o álcool gel é item de primeira necessidade. É preciso tê-lo sempre em mãos: logo que sai do metrô, quando chega o seu delivery após uma ida ao mercado. E não existe forma mais fácil de levar o álcool do que num sachê: ele não pesa, só abre quando rasgado (eliminando a chance de vazamentos) e tem a quantidade ideal para cada aplicação que você precisa. Você economiza, já que não derrama mais que o necessário”.

“Além disso, é uma ótima forma das marcas trabalharem. O custo é baixo, há economia, foge-se do desperdício e, muitas vezes, custa menos que um folheto. Ou seja, é conteúdo de marca com valor agregado”, adiciona.

A parceria com a Printi

A parceria entre HigGel e a Printi promete muitos frutos. A Printi inova desde o início do negócio e proporciona soluções para qualquer empreendedor – afinal, é esse o propósito da nossa empresa.

Fontes explica o que viu como um match entre a HigGel e a gente: “A Prini possibilita que o cliente compre tudo que precisa em um lugar só. Desenvolve a arte para ele e entrega em um prazo muito menor do que a de seus concorrentes. Isso é um modelo de negócio fantástico”.

“A HigGel funciona da mesma maneira no seu mercado de álcool gel em sachês: oferece o melhor produto, ajuda o cliente no desenvolvimento do projeto e produz e entrega com rapidez”, aponta o CEO.

“Além disso, tudo que é personalizado é único – e esse é o ponto central. Para trabalhar com a marca do cliente não basta incluir seu logo na personalização, é preciso entender suas necessidades”.

Inspiração 

“Todas as pessoas ou empresas precisam ter em seu DNA um desejo de não só ganhar dinheiro. Isso é consequência”, diz Fontes. “É preciso ter primeiramente amor por aquilo que faz, e acreditar no que deseja abrir ou criar, ainda que ninguém mais acredite”, diz o CEO da HiGel emocionado.

“Minha dica final para o leitor é: ‘Ouse ser diferente!'”, conclui.

Etiquetas

Julia Viana

Editora do Blog da Printi, uma jornalista que encarou um novo papel para falar de mundo gráfico e inovação - sem nunca deixar a criatividade e os assuntos mais comentados do momento de lado.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar