Como escolher imagens para o material impresso?

Se por um lado o material virtual tem uma competição acirrada no computador, tablet e smartphone, os materiais impressos com boa qualidade e imagens bem escolhidas prendem muito mais a atenção do leitor. O cuidado com as imagens, portanto, é de fundamental importância.

A maioria das empresas já percebeu que com materiais impressos consegue melhores resultados, principalmente com cartões de visita, flyers, papéis timbrados e catálogos, que ajudam a consolidar a marca, fortalecendo sua imagem no mercado e aumentando as vendas.

Por isso, veja aqui como escolher imagens de qualidade para o material impresso.

Veja as dicas para escolher as imagens ideais para o seu material impresso

Capriche na representatividade

O primeiro ponto é escolher imagens que realmente representem a sua empresa, produto ou serviço, mas que estejam de acordo com a mensagem que você quer passar.

Lembre-se de que em uma campanha publicitária, nem sempre a foto de uma ração de cachorros é a melhor forma de vender a ração: pode ser a de filhotes brincando ou um cachorro bonito e saudável na companhia de uma criança, por exemplo.

O importante é que a fotografia capte a essência do seu produto, tocando de forma emocional o receptor.

Existem cores ideais?

O uso das cores dependerá do objeto da foto, da sua mensagem, do público alvo e de uma série de fatores. Ou seja, não há uma fórmula.

Fotos em preto e branco são mais plásticas e podem ser usadas em campanhas que queiram denotar nostalgia, sofisticação ou artigos vintage, por exemplo.

Há uma tendência de se pensar que as cores quentes chamam mais a atenção na propaganda, mas seu excesso também pode deixar a imagem “suja” e cansativa.

Por outro lado, estudos mostram que o verde costuma ser relacionado à ecologia, meio ambiente e saúde; o laranja e o vermelho aos gêneros alimentícios, por exemplo.

Uma pesquisa com cem empresas consideradas de peso realizada pela ColourLovers, uma comunidade online de design gráfico, por exemplo, revela que o azul é a cor mais utilizada em logotipos.

Por outro lado, de acordo com a psicologia das cores aplicada ao marketing, vermelho, azul royal, amarelo e laranja atraem consumidores compulsivos; enquanto azul-marinho e verde funcionam melhor com os consumidores racionais.

Já segundo o neuromarketing, algumas combinações beneficiam a mensagem publicitária – azul e branco, azul e vermelho – outras a desvalorizam – azul e preto, vermelho e amarelo – e outras não têm nenhum efeito – amarelo e verde, vermelho e verde.

Cuidados técnicos na impressão

Alguns cuidados técnicos, no entanto, devem ser tomados para que a imagem possa ser impressa de forma fiel ao resultado que você espera e ao que você viu na tela do computador.

Sem eles, o risco de a impressão sair completamente diferente é muito grande. Portanto, toda atenção é pouca na hora de enviar o seu arquivo de imagem para a gráfica.

Padrão de cores

É preciso atenção, por exemplo, em relação ao padrão de cores utilizado, que é o CMYK (Cyan, Magenta, Yellow e Black, em inglês).

Só que a tela do computador exibe o RGB (Red, Green, Blue). Por isso, para que a cor desejada seja alcançada, é preciso usar uma escala cromática que seja um padrão universal de cores para impressão, como a da Pantone.

Resolução

A imagem, que deverá estar em CMYK, deve ter resolução mínima de 300dpi. Quanto maior a sua resolução, mais qualidade ela terá em sua ampliação.

Na dúvida, pergunte ao responsável na gráfica qual a resolução ideal para o tamanho do seu material impresso.

Além disso, a imagem também deve ser tratada fora do programa em que a arte está sendo criada. Por exemplo, ela deve ser tratada no Photoshop e só depois de pronta importada para o Illustrator.

Otimize sua foto

Evite usar alguns efeitos – como sombras, degradês e blends – dentro do programa no qual o arquivo está sendo finalizado.

Essas estruturas são muito complexas e acabam aumentando muito o tamanho do arquivo e, consequentemente, o tempo de renderização e o de impressão.

Qualquer efeito gráfico ou filtro deve ser aplicado dentro do software de tratamento de imagem – e esta deve ser aplicada no arquivo final como bitmap.

Seguindo essas dicas você estará contribuindo para que seu material impresso tenha muito mais qualidade e prenda a atenção do seu público alvo. Não se esqueça de que a escolha da gráfica também é extremamente importante para a qualidade do seu material.

Aproveite e conheça a Printi, que oferece a possibilidade de customizar seu material de forma rápida, segura, fácil e a baixo custo. Você faz tudo pela plataforma e ainda acompanha o processo de produção e entrega!