Ideias para negócios

[Histórias de Clientes] #4: Conhecimento gera criatividade! Conheça a CDB Design

Conheça a CDB Design | Imagem: iStock

Muito além dos tramites burocráticos, empreender é sobre lutar para alcançar um sonho enquanto lida com obstáculos, o que exige muita resiliência e paixão. E um dos motivos para decidir abrir o próprio negócio pode surgir de uma grande necessidade, como foi na experiência da Ana Beatriz, proprietária da gráfica online CDB Design. Conheça essa história de superação e se surpreenda com as possibilidades do universo do empreendedorismo.

Bia é uma jovem de 21 anos, mãe, casada, nascida e criada em Brasília e completamente apaixonada por viagens. Já foi youtuber, blogueira, e várias outras funções para buscar ter sua independência financeira. Sempre gostou desse universo de design, aos 15 anos já fazia dinheiro com edições de fotos, vídeos, criava artes aleatórias e cobrava apenas valores simbólicos. Pois bem, essa busca por responsabilidades teve um grande impacto quando ela saiu de casa aos 17 anos. E hoje, quatro anos depois, é uma empresária inspiradora!

CDB Design

Ana, proprietária da CDB Design | Imagem: Acervo pessoal

Como já mencionado, a jornada da CDB Design surgiu de uma necessidade, mas hoje é lembrada como uma história para se inspirar. “Em 2018, com 18 anos, soube que ia ser mãe e me desesperei pois precisava de dinheiro para comprar o enxoval. Então, meu namorado correu atrás de um trabalho e eu corri atrás de complementar a renda direto de casa. Fiz um anúncio falando o que sabia fazer, recebi o contato do dono de uma gráfica me chamando para ser freelancer na produção de artes, aprendi tudo sobre impressão, me aperfeiçoei e fiquei mais capacitada para fazer algo meu. Depois de uns 3 meses já tinham alguns clientes frequentes mensais, por volta de janeiro de 2019 eu já ganhava mais que 2 mil reais por mês. Foi quando meu marido pediu demissão do emprego de pizzaiolo – que ganhava R$ 950,00 mensais – para se juntar a mim. Não foi uma escolha fácil, pois era algo ‘seguro’, tinha apenas 1 mês que nossa filha havia nascido, não poderia faltar nada, mas fizemos isso acontecer! Criamos o perfil no insta, fiz o MEI, e assim surgiu o CDB Design, siglas do meu antigo canal no YouTube ‘Coisas da Bia’– a qual era consideravelmente famoso. Na época do boom, entre 2016 e 2017, tinha 90 mil inscritos, mas eu não tinha mais vocação para a função, e como já fazia bastante trabalho, decidi comercializar mesmo. Sem ideia para nome, peguei as iniciais do meu canal ‘CDB'”, conta, relembrando o início da trajetória.

O propósito construído por essa trajetória é claro e objetivo: transformar a vida de empreendedoras que querem se destacar na internet e de consumidoras que tem costume de fazer compras online. “Ver a reação de uma cliente abrindo uma caixa incrível, tudo bem embalado, com cheirinho, e sentir o carinho que a empresa teve com ela é minha felicidade. Quero transformar o comércio de pequenas e médias empresas, e levar muito conhecimento sobre marketing para que essas empreendedoras crescem cada vez mais”, afirma.

CDB Design atua no segmento de gráfica online | Imagem: Acervo pessoal

Sempre reforçando o impacto positivo que o online pode causar nos negócios, a mãe da Bia foi a grande responsável pela escolha do segmento. “Cresci ali com meus 14, 15 anos no estouro do Instagram no Brasil, Youtube bombado, e via que a internet estava dominando. Hoje vejo e realmente, é a rua mais movimentada do mundo. Alcança qualquer lugar, a qualquer horário, e eu posso mostrar minha essência com mais facilidade. Então entre minha fase adolescência para jovem adulta, foi 100% online. Então meu negócio não podia ser diferente, comecei de casa, online, e assim consegui alcançar o mundo inteiro, literalmente”, se orgulha.

Conhecimento gera criatividade

A jornada como empreendedora | Imagem: Acervo pessoal

O que está por trás de uma comunicação inovadora? Conhecimento gera criatividade! “Minha jornada é até curta, são só 3 anos – somos baby (risos) -, porém de muitas histórias e experiências dentro dessa trajetória. Sempre fui julgada por alguns clientes mais velhos por ser taxada como nova demais para vender B2B, sabe? Já passei por vários perrengues, já tive escritório na cozinha, na sala, em um quarto, até chegar de fato em um escritório físico. Mas sempre dei o meu melhor em cada etapa que passei/ passo como empreendedora. Eu e meu sócio nos dedicamos 24 horas por dia ao nosso negócio, tudo precisa ser perfeito e diferente no mercado, precisa ser novo e único. Então nesses 3 anos trabalhando com a CDB exercemos diariamente a criatividade para tornar uma empresa única”, diz.

O principal fator para ser um empreendedor de sucesso está, na verdade, em buscar conhecimento. “É importante saber delegar e entender que é normal não dominar todos os âmbitos do seu negócio. Eu demorei um pouco para entender, mas todos dias eu estava aprendendo sobre tudo. Sobre marketing, sobre financeiro, sobre vendas, sobre expedição, sobre tudo. E claro, aprender > aplicar > melhorar > aplicar até tudo ficar redondo. Além disso, sempre ter determinação para correr atrás, sabe? Nada de esperar cair do céu. Não tem caixa para abrir um site, ou pagar um Web Designer? Então vai lá, se dedique e aprenda. Assim fiz durante esses 3 anos e o resultado vem sendo um crescimento absurdo de forma orgânica”, garante.

Printi

Unboxing CDB Design | Imagem: Acervo pessoal

Ser uma pessoa muito conectada tem suas vantagens. A Bia conheceu a Printi através de um anúncio do YouTube e de lá para cá não largou mais essa parceria. “Adoro a parte de embalagem, meu Deus, como é prático! Caixas de todos modelos, moldes, PERFEITO! Ideal para lojas online e físicas, eu AMO! Já comprei dois modelos de embalagens diferentes: um para meus clientes – caixa personalizada -, e outra para minhas alunas do curso que irei lançar agora em janeiro, em que irei enviar vários itens como caderneta, caneta, caneca, também da Printi”, comenta a empreendedora.

Aproveite a Printi Friday para construir ou transformar a sua história!

Etiquetas

Maryene Oliveira

Apaixonada pelo mundo da comunicação, uma futura radialista movida por dança, literatura, desafios e ideias mirabolantes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar