Biblioteca

Momento de carreira: Dia do Estagiário

Dia do Estagiário | Imagem: Printi

Em 18 de agosto é celebrado o Dia do Estagiário, título de uma das primeiras experiências de muitas pessoas dentro do mercado de trabalho. É extremamente comum que essa grande oportunidade seja motivo de dúvidas e nada melhor do que respostas de quem vive isso na pele, certo? Para o conteúdo de hoje, conversamos com o time de estagiários da Printi que deram detalhes sobre o momento de carreira.

O que faz um estagiário?

Estagiários dedicados em atividades | Imagem: iStock

Um profissional muito importante para a equipe – tanto quanto qualquer outro cargo -, o estagiário carrega valores como agilidade, proatividade e dedicação. Acima de tudo, é um aprendiz que busca colocar conhecimentos em prática por meio de muito empenho de forma habilidosa e criativa. Para deixar ainda mais claro, promovemos uma dinâmica em parceria com o time de estagiários da Printi, que, em consenso, elencou características comuns entre todos que estão nesse momento de carreira.

1. Desenvolve projetos

Se tem projeto o estagiário está dentro. Além de querer trazer ideias, ele também quer muito aprender e acompanhar a rotina dos profissionais experientes para fazer a diferença na equipe.

2. É uma grande fonte de ideias

Apesar de ser parte do time como qualquer outro funcionário, o estagiário tem uma visão bem ampla e inovadora sobre o mundo. As especificidades da dupla jornada, considerando pessoas e atividades diferentes, possibilita que o universo da criatividade seja explorado de tal forma que acabam se tornando uma grande e excelente fonte de ideias.

3. Está sempre pronto para novos desafios

“Desafio” é o sobrenome do estagiário! – vamos combinar que estudar e trabalhar já é um grande desafio, né? Por isso, ele está sempre pronto e muito animado para encarar novidades, detalhe: sempre com bom humor, o que pode tornar divertida a tarefa mais complexa.

4. Ajuda a equipe a alcançar os objetivos

Espírito de equipe não falta por aqui! Estagiário não se preocupa apenas com as próprias atividades, e sim do time todo. É aquela pessoa que está sempre disposta a ajudar os outros a alcançarem seus objetivos e se orgulha de cada conquista coletiva.

5. Busca desenvolver tanto o lado profissional quanto pessoal

Sim, os estagiários aproveitam o momento para absorver todo conhecimento possível não só profissionalmente como também para a vida pessoal. Estar ao lado de pessoas com diferentes histórias e experiências é uma inspiração perfeita para construir a própria trajetória e aprender a lidar com os obstáculos que podem surgir.

Os desafios do estágio

Os obstáculos do estágio | Imagem: iStock

Como já mencionado, o estagiário está sempre pronto para um desafio, mas sabemos que não é uma jornada nada fácil, já que apesar de ser um momento de muita alegria, inúmeros pontos podem ser abordados, inclusive sobre as dificuldades que quem está nesse momento de carreira enfrenta. “Está entre os maiores desafios do estagiário superar a insegurança em propor coisas novas ou desempenhar alguma atividade pelo fato de acreditar que existem pessoas que sabem muito mais, tem um maior tempo de experiência. Então, tudo isso causa certa insegurança sobre estar realizando um bom trabalho. É aí que entra o papel do time: trabalhar junto e trazer segurança para o estagiário, mostrar que o que o que ele faz é ótimo, claro que também pode melhorar em alguns aspectos, mas que está no caminho certo. E esse apoio faz toda diferença”, declara Edayne Silva, estagiária em Comunicação Interna da Printi. “Também é um grande desafio adquirir autonomia nos processos, pois, basicamente, ficamos dependentes de outra pessoa”, finaliza.

E na Printi?

Os obstáculos do estágio | Imagem: iStock

Questionamos cada um dos colaboradores “como é ser estagiário na Printi?”. As respostas deixaram claro que, acima de tudo, prezamos por transparência e parceria, que juntas vêm resultando em um trabalho coletivo de se orgulhar. Aliás, a redatora que vos escreve também é estagiária haha 😉

Para mim, ser estagiária na Printi é um presente. É um passo muito importante que estou dando em relação ao meu futuro profissional porque sei que estou fazendo parte de uma coisa grande e com propósito. Tudo isso agrega muito valor a minha carreira. Sinto que aprendo muito todos os dias. Brinco que sou gratiluz o tempo todo, mas é porque realmente sou grata em fazer o que gosto junto de pessoas tão especiais.

Edayne Silva, estagiária em Comunicação Interna.

“Nós desenvolvemos atividades das mais simples às mais complexas. Sou do time de Supply Chain e é minha função facilitar o entendimento de indicadores, por exemplo, mas sempre tenho apoio da equipe, todos são muito proativos e estão dispostos a me ajudar em qualquer coisa.”

Emanueli Nascimento, estagiária em Supply Chain.

“Aqui na Printi o estagiário tem muita liberdade. Podemos organizar nossas próprias atividades, agendar nossas reuniões e fazer parte de entregas muito importantes, aliás, acho importante frisar isso porque nunca trabalhei em uma empresa com tamanha integração.”

France Furtado, estagiário em Planejamento e Operações.

“Ser estagiária na Printi é uma experiência muito desafiadora e maravilhosa! Poucas empresas valorizam o profissional que é estagiário, às vezes até desmerecem o nosso papel no time. Aqui aprendo todos os dias a voar sem medo de cair! Desenvolvi muito minha área profissional aprendendo com o time, tendo liberdade criativa, podendo tomar iniciativas em campanhas e projetos importantes, até na minha vida pessoal a Printi teve um grande papel de auto conhecimento e auto confiança. Resumindo: vou levar para vida tudo que aprendi aqui.”

Gabrielle Menezes, estagiária em Branding e Comunicação.

“Trabalhar na Printi é surreal. Diferente de outras empresas, aqui o estagiário é reconhecido e eu, como membro do time de Gente & Cultura, vejo de perto o cuidado dedicado a cada Printer e tenho muito orgulho em fazer parte de tudo isso.”

Gustavo Nascimento, estagiário em Gente & Cultura.

Sabe quando seu esforço é recompensado? Estou em uma empresa que reconhece meus valores e todos os dias me dá a oportunidade de crescer profissionalmente, trazer novos conhecimentos e, acima de tudo, transformar.

Herbert Paz, estagiário em Portfólio.

“Antes de qualquer coisa, estamos aqui para aprender e corresponder com nosso melhor para, então, gerar mudanças, trazer novidades, movimentar o ambiente. Tenho a oportunidade de estar em uma empresa que acredito e confio, a Printi é um grande diferencial para minha carreira.”

Kevin Viana, estagiário em Jurídico.

Ser estagiário é algo inovador. As tarefas demandam teorias que aprendo na faculdade e posso colocar em prática junto com meu time, que recebe as ideias de mente aberta. Não tem como ficar estagnado trabalhando na Printi, estamos em constante evolução.

Vitor Napoleão, estagiário em Performance.

Curiosidade

Você sabia que existe uma legislação voltada ao estagiário? A Lei do Estágio, também conhecida como Lei N° 11.788, entrou em vigor em 25 de setembro de 2008 visando regulamentar as atividades acadêmicas em paralelo ao ambiente profissional. Sendo assim, a responsabilidade do contrato é dividida entre instituição de ensino, empresa e estagiário – na maioria das vezes há o intermédio de terceiros, as chamadas corporações que fazem a integração entre os estudantes e o mercado de trabalho.

Tem como não admirar o trabalho desses profissionais incríveis? Deixamos aqui o nosso “Feliz Dia do Estagiário”!

Equipe colaborativa | Imagem: iStock

*Para a construção desse artigo, contamos com a colaboração de Edayne Jéssica, estudante de Marketing; Emanueli Nascimento, estudante de Administração; France Furtado, estudante de Engenharia de Produção; Gabrielle Menezes, estudante de Design de Mídias Digitais; Gustavo Nascimento, estudante de Administração; Herbert Paz, estudante de Engenharia de Produção; Kevin Viana, estudante de Direito; Maryene Rocha, estudante de Comunicação Social – Rádio, TV e Internet; Vitor Napoleão, estudante de Propaganda e Marketing.

Etiquetas

Maryene Oliveira

Apaixonada pelo mundo da comunicação, uma futura radialista movida por dança, literatura, desafios e ideias mirabolantes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar