Novidades

Busque por elas: mulheres incríveis que inspiram outras mulheres

Seja uma mulher que inspira | Imagem: Shutterstock

Em meio a uma história carregada de opressão, mulheres sempre foram submetidas a violências e rebaixamentos, fadadas ao silêncio. Mal sabem os opressores que estão lidando com revolucionárias, guerreiras e protagonistas das próprias narrativas. No conteúdo de hoje, trouxemos grandes nomes femininos que vão te inspirar a seguir sua jornada e ser fortaleza, afinal, mulheres inspiram mulheres. Vamos juntas!

Maria da Penha

“A vida começa quando a violência acaba.”

Maria da Penha
Maria da Penha | Imagem: Reprodução/ Veja

Maria da Penha Maia Fernandes, nascida em Fortaleza no Ceará, é uma farmacêutica que foi vítima de graves episódios de violência pelo próprio marido no ano de 1983. Marco Antônio Heredia Viveros tentou matá-la com um tiro de espingarda que a deixou paraplégica. Após longos meses passando por cirurgias e cuidados médicos, Maria da Penha retornou ao lar em que foi mantida em cárcere privado por 15 longos dias até sofrer um outro atentado na tentativa do marido de eletrocutá-la durante o banho.

Assim como muitas mulheres, com receio de perder a guarda dos filhos, Maria optou por contatar a justiça e, através de atributos legais, sair de casa com todos os seus direitos, inclusive o direito a vida. É esse nome que está por trás da Lei Maria da Penha e ampara mulheres pelo Brasil. “Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher”, afirma a Constituição.

Djamila Ribeiro

“Minha luta diária é para ser reconhecida como sujeito, impor minha existência numa sociedade que insiste em negá-la.”

Djamila Ribeiro
Djamila Ribeiro | Imagem: Reprodução/ Yahoo Notícias

Djamila Taís Ribeiro dos Santos é uma das maiores vozes para negros e mulheres. Filósofa, ativista social, professora e escritora, a paulista promove debates contra a violência e desigualdade que persistem em nossa sociedade contemporânea. Além disso, também é autora do livro “Pequeno manual antirracista”, vencedor do prêmio Jabuti, em que trata do racismo estrutural no solo brasileiro.

Luiza Trajano

“Primeiro faça o necessário, depois faça o possível e, de repente, você vai perceber que pode fazer o impossível.”

Luiza Trajano
Luiza Trajano | Imagem: Reprodução/ Veja

Luiza Helena Trajano é uma mulher extremamente reconhecida no universo do empreendedorismo. À frente do Magazine Luiza, uma das maiores redes de varejo do Brasil, também foi a responsável por uma importante alta na bolsa de valores nacional. Mas esse império começou de baixo e com muito esforço.

Aos 12 anos de idade, Luiza abriu mão das férias escolares para trabalhar como balconista na loja de lembrancinhas dos tios chamada “Cristaleira”. Passado o tempo, a Cristaleira deu lugar a “Magazine Luiza” como homenagem a tia, que tinha o nome em comum. Passados alguns anos, Luiza assumiu os negócios com um olhar tão inovador a ponto de virar um case de sucesso em Harvard Business School.

Printers

Por aqui também existem supermulheres! Conversamos com cinco Printers sobre inspiração. Não à toa, elas são grandes inspirações para nós, assim como também têm as próprias. Confira abaixo o que elas tem a te dizer.

Jaqueline Nascimento

“Mesmo no século XXI, as pessoas têm mania de dizer que a mulher é o vaso mais fraco, eu não me considero como o vaso mais fraco, porque eu sou forte, vim de uma família de mulheres fortes e é isso que eu quero passar à frente para que outras pessoas se inspirem em mim como uma mulher forte. Somos guerreiras e podemos ocupar qualquer local que o homem também esteja.

Particularmente, tenho a minha avó como a mulher que me inspira. Ela foi uma mulher muito forte e me criou sozinha, não fui criada pela minha mãe, minha mãe me deixou. Eu perdi essa grande mulher a 4 anos, mas ela me deu caráter, me ensinou a ser guerreira e me ensinou a hoje ser uma empreendedora e lutar pelos meus ideais. Logo em seguida, conheci uma pessoa aqui na Printi, minha amiga Stefany Santos, que me ajudou muito também, então logo depois que eu perdi minha mãe, que é a minha avó, essa pessoa tem me ajudado muito como profissional, acreditou em mim desde o início. Ela sempre disse que eu me tornaria uma operadora de máquina e eu falava que não era capaz, ao passo que ela me garantia ‘Você é capaz de operar uma máquina’ e hoje eu opero uma máquina super importante dentro da empresa. Só precisamos de pessoas que acreditem em nós, mulheres que acreditem em nós, e ela, por já ocupar esse espaço de liderança, acreditou em mim sendo mulher também.”

Tainá Lopes

“Ser mulher, ao mesmo tempo que é um privilégio, é difícil. É um privilégio porque eu acredito que mulher tem características muito especiais, mulher consegue fazer muitas coisas, mulher é ágil, forte, mulher é única. Cada uma tem um potencial, um dom.

Uma mulher que me inspira é Maria, Mãe de Jesus. Me inspira por dizer sim ao chamado dela, a vocação dela. Mesmo podendo ter falado não a uma responsabilidade tão grande, ela disse sim. É um exemplo de mulher pela santidade, por ser forte ao ver tudo o que seu filho passou. Sei que muitas pessoas não a conhecem tanto, mas justamente a simplicidade, a humildade, a coragem dela faz com ela seja meu maior exemplo de mulher.”

Veridiana Silva

“Ser mulher é um tanto desafiador. Atualmente, temos oportunidade de crescer, trabalhar fora, e algumas pessoas não entendem isso e acham que a mulher tem que ficar dentro de casa limpando, passando… Mas a realidade é que a maioria das mulheres estão correndo atrás dos seus sonhos, crescendo, e isso é muito importante.

Uma mulher que me inspira é minha líder Stefany Santos, porque no passado tive vários problemas, eu era uma pessoa muito difícil, e ela nunca desistiu de mim. Pelo contrário. Sempre me apoiou, passei momentos difíceis na minha gravidez e ela sempre esteve ao meu lado, me ajudou. E ela me inspira, hoje mais ainda porque ela está me ajudando a ter um pensamento mais aberto, a pensar em coisas novas e querer crescer mais.”

Stefany Santos

“Hoje em dia ser mulher é desafiador. É quebrar tabu, quebrar paradigmas. É você mostrar que você pode. Sempre temos que passar por muitas barreiras, porque sim, o país está melhor, a sociedade está melhor, só que ainda existe claramente o preconceito contra mulher, infelizmente. Temos que nos provar mais a cada dia. No entanto, ao mesmo tempo em que ser mulher é desafiador, também é recompensador, porque sempre mostramos que conseguimos.

A minha maior inspiração é a minha mãe, porque ela foi a pessoa que me criou dizendo ‘você pode, você consegue, não tenha medo’. Ela foi a minha maior treinadora de vida. Ela era empreendedora, então meu sonho sempre foi ter o meu próprio negócio – e hoje eu tenho. Foi com ela que aprendi que mulher pode tudo, pode construir seu futuro, ao contrário de se dedicar apenas em lavar, cozinhar e cuidar de filhos.”

Juliane Carvalho

“Ainda é muito difícil ser mulher no mundo de hoje, porque ainda somos assediadas, ainda não somos respeitadas, ainda somos vistas como o sexo frágil. Tem pessoas que abrem o leque para as mulheres, tem pessoas que fecham. Mal sabem essas que a nossa inteligência é extremamente vasta e vai muito além.

A mulher que me inspira para tudo é a minha mãe. Ela sempre foi guerreira, sempre batalhou. De onde eu venho, passamos por muitas dificuldades, então uma pessoa que veio de uma realidade dura dizer ‘Vai ser difícil, mas olhe, almeje o alvo e vá. Você pode até cair, mas levante, porque você sabe de onde veio, e prossiga’, é de uma força imensurável. Muitas vezes, quando não encontro forças, penso assim: o que a minha mãe faria? De fato vejo ela como meu tudo, como a mulher maravilha.”

Busque por elas e seja uma mulher que inspira mulheres!

Etiquetas

Maryene Oliveira

Apaixonada pelo mundo da comunicação, uma futura radialista movida por dança, literatura, desafios e ideias mirabolantes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar