Biblioteca

Psicologia das cores e a personalidade da sua marca [Série Cores #3]

A personalidade da sua marca está muito ligada às cores que você relaciona a ela. Uma das formas da sua marca engajar os clientes certos é usar cores para influenciar as emoções e percepções dos sobre os produtos e serviços que você oferece. A cor também pode retratar o significado e a mensagem sem palavras e é o principal componente visual que as pessoas mais lembram sobre uma marca.

Círculo cromático

Para escolher a cor ideal para sua marca, é preciso saber o que é o círculo cromático. Entende-se por círculo cromático uma paleta composta por doze cores, sendo três cores primárias – amarelo, azul e vermelho; três cores secundárias, formadas pela mistura das cores primárias – laranja, violeta e verde; e seis cores terciárias, compostas pela mistura das cores secundárias. Além dessas, podemos criar milhares de outras, complementando o círculo e desenvolvendo as cores complementares, tríades e análogas.

LEIA MAIS

Como a cor influencia nos resultados da sua marca [Série Cores #1]

Como branding e psicologia das cores se relacionam? [Série Cores #2]

Psicologia das cores: você sabia que cada cor pode alterar sua percepção?

O que é e para que serve o Círculo Cromático

 

Que tal ver um vídeo didático sobre o círculo cromático? O vídeo abaixo foi feito pela artista e designer gráfica Rhea Lelina Manglapus e mostra, numa animação (em inglês) diversos conceitos de cores e já que estamos falando sobre percepção de cores, nesse caso, imagens valem mais que palavras. 😉

Personalidade da marca

O uso da cor em branding e marketing para persuadir os consumidores é muito popular e existem padrões que podem ser encontrados na evocação emocional de certas cores. Com a paleta de cores correta, você pode influenciar como alguém se sente, pensa e se comporta. Embora as cores possam ter diferentes associações entre culturas, a cor e o branding levam tudo isso em consideração para usar as cores da maneira mais eficaz. As marcas mais bem-sucedidas usam a psicologia da cor e da marca para criar uma resposta específica de seu público-alvo, indo além de sua preferência pessoal.

Vamos às últimas cores da série?

Azul

O azul comunica a tranquilidade. Em branding, a cor tende a representar confiança, estabilidade e segurança. É uma cor serena que pode ser interpretada como paz, segurança, calma – pois o azul é considerado benéfico para o corpo e a mente, retardando o metabolismo humano e produzindo um efeito, de fato, calmante. O azul bom para promover produtos e serviços relacionados à limpeza, ar, céu, água e mar. Mas convém evitar o excesso pois sua ação pode contribuir para sensações melancólicas, como de solidão.

Roxo

O roxo é frequentemente associado à realeza e honra pois combina a estabilidade do azul e a energia do vermelho. A cor transmite riqueza e extravagância, criatividade, mistério e magia. Em branding, podemos dizer que o roxo tende a representar luxo. Cuidado com os tons mais escuros, que podem ser associados com frustração.

Preto

O preto, muitas vezes associado ao poder e à sofisticação, às vezes é ligado ao mal, então convém analisar o contexto e as combinações que fazemos com a cor. Via de regra, o preto é associado com formalidade, mistério – afinal, quando estamos no escuro, vemos tudo preto, certo? – mas especialmente com elegância.

 

 

Etiquetas

Julia Viana

Editora do Blog da Printi, uma jornalista que encarou um novo papel para falar de mundo gráfico e inovação - sem nunca deixar a criatividade e os assuntos mais comentados do momento de lado.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar