Ideias para negócios

Quais são os tipos de linhas de crédito existentes?

Conheça as linhas de créditos | Imagem: Shutterstock

Os financiamentos podem ser grandes aliados na hora de abrir o seu negócio. Conheça os tipos de linhas de crédito que podem te ajudar na hora de começar a empreender, saiba mais sobre cada um e descubra qual é o melhor financiamento para você, afinal, começar o seu próprio negócio não é para qualquer um.

Para iniciar o seu empreendimento, é preciso bastante estudo antes de colocar em prática o que deseja. Nesse momento, a maioria das pessoas precisam de um financiamento para dar um pontapé inicial no negócio.

Visto isso, vamos falar sobre os tipos de linhas de crédito que podem te ajudar muito na hora de começar. Fique com a gente e saiba mais sobre:

  • O que são as linhas de créditos?
  • Tipos de linhas de créditos disponíveis
  • Como a análise dos empréstimos é feita?
  • Por que investir na minha empresa?

Vamos lá?

O que são as linhas de créditos?

Recursos para financiar o seu negócio | Imagem: Shutterstock

As linhas de crédito são empréstimos que podem financiar o seu negócio em um primeiro momento.

Se você quer muito abrir uma empresa, mas ainda falta capital para isso, você pode optar por diversos tipos de linhas de crédito que ficam disponíveis para você de acordo com a instituição financeira escolhida.

Para saber mais sobre todos os recursos disponíveis, continue a leitura e descubra os principais tipos que podem te ajudar na hora de começar a empreender.

Tipos de linhas de crédito disponíveis

Tipos de linhas de crédito | Imagem: Shutterstock

Para te orientar na escolha ideal do melhor tipo de linha de crédito para usar na hora de começar o seu empreendimento, separamos as principais para você!

1. Empréstimos a prazo

São feitos para empreendimentos que possuem registro de vendas e lucros e os fundos são de curto prazo, servindo para cobrir as necessidades do capital de giro por um tempo.

Esses empréstimos, por sua vez, geralmente são concebidos por um período de 30 a 40 dias.

2. Empréstimos comerciais diretos

São caracterizados por seus fundos, que são adiantados para a empresa de 30 a 90 dias. Esses empréstimos são muito usados para financiamento sazonal e para formação de estoques.

3. Empréstimos de longo prazo

Consistem em possibilitar crédito para empresas por um período de tempo maior do que os demais. Esses empréstimos, por sua vez, podem disponibilizar fundos por até 10 anos.

O pagamento da dívida é pago de acordo com a programação determinada pela instituição financeira e juros fixos impostos.

4. Empréstimos pessoais

Quando a própria empresa não tem os ativos para sustentar um empréstimo, o empreendedor talvez precise de um empréstimo pessoal.

Esses empréstimos frequentemente devem ter os bens do empreendedor ou de outro indivíduo como garantia para serem avaliados por outra pessoa.

Como a análise dos empréstimos é feita?

Critérios para aprovação de empréstimo | Imagem: Shutterstock

A análise para a aprovação do empréstimo é feita pela própria instituição financeira e, geralmente, são utilizados critérios rigorosos para verificar se o empreendedor é apto ou não para usufruir do benefício.

Estes critérios se dividem na avaliação dos seguintes quesitos:

  • Comprometimento com o negócio;
  • Demonstrativos financeiros passados;
  • Movimentação de estoque;
  • Capital investido;
  • Análise de lucratividade.

Os bancos são cautelosos ao emprestar dinheiro, principalmente para novos empreendimentos, já que não querem incorrer em maus empréstimos, e por isso, é importante ficar atento aos requisitos solicitados por cada instituição.

Por que investir na minha empresa?

Motivos para você investir na sua empresa | Imagem: Shutterstock

Com uma linha de crédito aprovada você pode dar início a sua empresa e começar a investir no crescimento dela sem medo, mas por que você deve fazer isso?

Bom, existe quatro motivações principais para você investir na sua empresa:

1. Desenvolvimento

Para criar oportunidades de crescimento e desenvolvimento, você deve alocar quantidades significativas de recursos para entrar em novos mercados, lançar novos produtos, criar novas estruturas de distribuição e criar outras formas de expansão dos negócios.

2. Modernização

Se você quer se manter em crescimento, é necessário sempre inovar.

A modernização ocorre por meio de duas linhas principais de ações: melhorar os processos produtivos para se manter competitiva no mercado atual, aprimorar e modificar suas linhas de produtos para oferecer soluções para as novas necessidades dos clientes.

3. Garantir sua sustentabilidade

Valorizar o meio ambiente é muito importante, e hoje existem várias tecnologias de alta inovação que propiciam um desenvolvimento autossustentável quanto à preservação das condições ambientais em todas as operações e funções da sua empresa. As maiores startups e empresas do mundo também apoiam essa causa.

4. Conservar sua capacidade atual de produção

De tempos em tempos é necessário o manejo e substituição de equipamentos que atinjam o final de sua vida útil. Dificilmente essa substituição se faz sem mudanças tecnológicas que representam ganhos de produtividade, melhorias nos processos e nos produtos, o que precisa de um grande capital para sua realização.

Além dessas razões principais, outros investimentos de caráter extraordinário e de natureza estratégica podem ser empreendidos por empresas que se veem diante de oportunidades de entrada em mercados totalmente novos.

Dica de ouro

Identifique oportunidades para alavancar seu negócio | Imagem: Shutterstock

Para transformar seu sonho de ser um empreendedor em realidade, é necessário muita disciplina! Além disso, é imprescindível que você também tenha conhecimento das ferramentas corretas que farão com que você alcance uma gestão de excelência. E, para te ajudar nessa missão, sugerimos o Pacote de Formação Empreendedora.

Com a formação, você será capaz de compreender melhor o ambiente de mudanças no mundo, identificar oportunidades e chances de melhoria, definir propostas de valor para seu negócio, utilizar ferramentas para mapear o mercado e desenvolver modelos de negócio.

Então, se você quer liberdade de tempo, autonomia de decisão e independência financeira, não perca tempo e se inscreva! Com o tipo certo de linha de crédito, o financiamento em mãos e o curso completo, o sucesso será apenas consequência!

Etiquetas

Maryene Oliveira

Apaixonada pelo mundo da comunicação, uma futura radialista movida por dança, literatura, desafios e ideias mirabolantes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar