Entrevistas

Uma vida cervejeira [Entrevista Ivan Tozzi, vencedor do programa Mestre cervejeiro da Eisenbahn]

Com uma boa dose de inspiração e uma vida cervejeira, Ivan Tozzi venceu em 2017 o reality show Eisenbahn Mestre Cervejeiro e teve sua receita de American Pale Ale (APA) produzida e distribuída pela Eisenbahn. Hoje, dois anos depois, o jornalista de 45 anos lança sua própria cervejaria, a Three Hills, que oficializou sua estreia no mercado com dois rótulos: Helena e Mila (por ora vendidas em barril).
O jornalista de 45 anos falou sobre a sua história no meio da cevada e lúpulo com exclusividade ao Blog da Printi. Confira na entrevista a seguir:

 

Printi: Como você começou a carreira e como foi parar no mundo cervejeiro?
Ivan Tozzi: Comecei com um amigo em 2014. Ele havia comprado um kit pra fazer cerveja em casa na Internet. Neste kit vinha um vídeo de um cervejeiro ensinando algumas coisas, mas de forma bem simples. Meu amigo me emprestou as panelas e o vídeo para eu tentar fazer em casa. Mas na época não conseguia achar insumos pra comprar como hoje, não existia muita informação também, então apanhei muito no começo, errando bastante, até fazer um curso pra valer mesmo. Aí fui seguindo e fazendo cerveja em casa.

LEIA MAIS

A importância do rótulo e da embalagem perfeita [Série Cervejaria Artesanal #1]

Referências de design para cervejarias artesanais [Série Cervejaria Artesanal #2]

Como é feita a produção de embalagens e rótulos de cerveja [Série cervejaria artesanal #3]

 

P: Você sempre se interessou por cervejas especiais?
IT: Tive meu primeiro contato com cerveja especial em 2007 quando estava a trabalho em Blumenau. Amigos me levaram na Eisenbahn. Foi a primeira vez que vi uma fábrica de cerveja por dentro e tomei uma cerveja ali que achei diferente, mais saborosa. Sempre gostei de cerveja mas achava que só existiam as mainstreams de sempre. Então, quando tomei uma diferente, notei que havia diferença. Não tenho preconceito em relação a cervejas de mercado. Não compro pra mim, mas se eu estiver num churrasco que esteja só rolando delas, eu também tomo!

 


P: Como foi participar do programa da Eisenbahn?
IT: Costumo dizer que foi um momento mágico na minha vida. Um divisor de água. Sempre fui aquele cervejeiro mais na minha, fazia minhas cervejas em casa sozinho. Sinceramente não me imaginava participando de um Reality Show. Quando enviei a amostra, foi mais pra pegar um feedback da receita. Participar me deixou bastante nervoso, não sabia o que poderia acontecer. A exposição de aparecer na TV, ter que mostrar seu conhecimento é algo bem difícil. Mas felizmente deu tudo certo. Me diverti muito, conheci pessoas e fiz amigos.

 

LEIA MAIS

Itens para a sua cerveja artesanal

O que é preciso para ser um bom mestre cervejeiro?

Embalagens personalizadas: inove na apresentação

 

P: Depois do programa surgiram muitas oportunidades?
IT: Logo depois do programa, pessoas começaram a me procurar pra dar cursos, workshops, participar de lançamentos de produtos e cervejarias. Eu fui abraçando tudo!

 

 

P: Você fez sua própria cerveja! Como foi o processo de escolha, desde os ingredientes, até os detalhes, como o nome e o logo?
IT: Lançamos dois estilos de cerveja, uma mais leve (Cream Ale) e uma mais forte (RIS). Pensamos em trabalhar cervejas com qualidade em relação à matéria-prima e processo de produção, mas sempre trazendo um elemento diferenciado, como café, baunilha, cacau, lúpulos aromáticos americanos, etc.
O nome da cervejaria foi uma homenagem à cidade onde morei no interior (Franca/SP). A cidade foi construída sobre 3 colinas. Foi um lugar bacana onde vivi, conheci minha esposa, onde nasceu meu filho e boa parte da minha família ainda vive lá. Os nomes de cada cerveja são homenagens a mulheres (Mila, Helena)… a ideia é homenagear mulheres “comuns”. Tem muito a ver com nosso posicionamento de marca, que coloca a mulher como protagonista no meio cervejeiro. A mesma mulher que anos atrás era vista como objeto de venda, com o estigma da garçonete gostosa atendendo a homens, deve ser encarada como alguém que propõe, escolhe produtos de acordo com sua vontade, que produz cerveja, que direciona o mercado. O logo da empresa segue nessa linha também.

 
P: Qual a importância desses detalhes que vão além da cerveja? O que mais você pensou para o grande lançamento da sua própria marca?
IT: Cada detalhe por menor que pareça é importante. Um copo, uma bolacha. Deixar os elementos gráficos à vista mostra a sua marca ao consumidor, fixa. Faremos isso no lançamento. Como ainda trabalhamos com chopp, não será possível ter a embalagem com esse propósito. Mas optamos por criar usar pequenos detalhes para mostrar que estamos presente nos locais que irão lançar nosso produto. Para o primeiro lançamento convidamos alguns beer influencers para uma degustação dos rótulos. A ideia é justamente que eles tirem fotos mostrando nossa marca.

 

P: Você produziu algumas coisas com a Printi. Conta como foi a experiência e quais produtos você escolheu.
IT: Produzimos a bolacha que vamos enviar aos bares de São Paulo e também bandeiras para posicionar na entrada nos lançamentos. Produzir os materiais com a Printi foi muito simples. A plataforma é muito intuitiva. Há várias opções de layout e você consegue concluir o processo em questão de minutos. Gostei muito da experiência e do resultado final do produto que é de muita qualidade!

 

P: Quais profissionais são referência para você nesse mundo cervejeiro?
IT: Hoje tenho como referência profissionais do meio de produção que trazem inovações e que ensinam. São muitos na verdade, mas destaco como o mestre cervejeiro Randy Mosher, o escritor John Palmer, Ray Daniels e Garret Oliver. No Brasil tenho alguns sommeliers como Ronaldo Rossi, Kathia Zanatta, José Padilha, Daiane Colla e Fernanda Meybon e pessoas de inovação, como Fernanda Fregonezi e Gabriela Müller.

 

Siga o Ivan @ivantozzi74 e a cervejaria @threehillscervejaria.

Etiquetas

Julia Viana

Editora do Blog da Printi, uma jornalista que encarou um novo papel para falar de mundo gráfico e inovação - sem nunca deixar a criatividade e os assuntos mais comentados do momento de lado.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar