Novidades

Você conhece a origem da Festa Junina?

Sugestão: Dê um play abaixo para começar a quadrilha leitura.

Festa Junina | Imagem: iStock

Junto com a metade do ano chega a segunda maior festa brasileira: a Festa Junina. Comidas típicas, música, fogueira, dança – não tem que não saiba os “dois pra lá, dois pra cá” -, casamento… Tem de tudo! Mas, a pergunta que não quer calar é: você conhece a origem dessa celebração tradicional? O Blog da Printi te conta. 🙂

Origem

Solstício | Imagem: iStock

Para conhecer a origem da festa junina, vamos voltar à França do século XII. Naquela época, a passagem da primavera para o verão – conhecida como solstício – era celebrada em festividades com o objetivo de afastar os maus espíritos para que a colheita fosse frutífera – inclusive, esse era o propósito da fogueira. Não por acaso, essa mesma mudança ocorre aqui no Brasil no período de junho.

A princípio, a celebração era considerada pagã – termo que se refere a pessoas não convertidas ou não batizadas – até que o Cristianismo se expandiu pelo continente europeu e os festivais foram incorporados ao calendário católico justamente como forma de facilitar a conversão da população, exaltando a representatividade de Santo Antônio – considerado o santo que ajuda moças solteiras a encontrarem seus respectivos pares -, São João Batista – profeta que anunciou a chegada do Messias – e São Pedro – o primeiro a professar a fé no Cristo.

Chegando ao Brasil

Festa Junina no nordeste brasileiro | Imagem: iStock

Os responsáveis por trazerem essa festividade ao Brasil foram os padres jesuítas, que popularizaram o período, inicialmente, por “festa joanina” como uma homenagem a São João, mas, logo o título passou a simbolizar o mês e ter o nome como conhecemos hoje. Com essa fusão de culturas não tinha como ser diferente: o teor religioso deu lugar a uma concentração popular, carregando hábitos portugueses, espanhóis, franceses, indígenas – ou, em uma só palavra: brasileiros.

O sucesso foi predominante na região nordeste, que até hoje é a responsável pelas maiores festas do período – além de ser destaque mundial e atrair muitos turistas.

Para saber mais sobre esses dados históricos, confira o Blog do Senac.

Arraiá em casa

Divirta-se em casa Festa | Imagem: iStock

Aproveitando o clima, separamos uma playlist bem típica – do jeito que a gente gosta – para animar o seu “arraiá” em casa. É só arrastar o sofá da sala e começar a festa.

Você também pode conferir:

Como fazer uma festa junina em casa

7 passos para organizar uma festa junina econômica e perfeita!

Etiquetas

Maryene Oliveira

Apaixonada pelo mundo da comunicação, uma futura radialista movida por dança, literatura, desafios e ideias mirabolantes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar