Ideias para negócios

5 dicas básicas para garantir a qualidade das cores

As cores transmitem diferentes emoções para cada pessoa e, por este motivo, exercem função importante na divulgação da empresa, produto ou serviço. Se bem utilizadas, levam o destinatário a uma ação, porém se escolhidas sem um propósito podem despertar um sentimento de desconfiança. Porém, há elementos que podem alterar a cor do impresso: tinta, papel, água, temperatura do ambiente, umidade, entre outros.

Conheça o significado de algumas cores e, em seguida, as cinco dicas essenciais para que o material saia com a cor esperada pelo cliente.

Colorimetria

O significado das cores

• Amarelo: Cuidado, gratidão, felicidade, positividade. Em um material pode ser visto como alegria e atenção.

• Azul: Empresas utilizam-na para transmitir confiança e assegurar o cliente de que está fazendo um negócio seguro, uma vez que a cor significa autoridade, sucesso, dignidade, estabilidade, lealdade.

• Branco: Significa limpeza, paz, pureza. Dando maior conforto aos clientes em relação a higiene da empresa.

• Cinza: Por ser um tom neutro, na maioria das vezes estará acompanhado de outra cor. Podendo significar autoridade, mentalidade corporativa, respeito, humildade.

• Laranja: Remete alegria, diversão, juventude, criatividade. Sendo junção de amarelo e vermelho, apresenta as características de ambas, além das suas próprias.

• Preto: Mistério, tradição, rigidez, formalidade, são sentimentos que essa cor representa.

• Rosa: Cor feminina que representa cuidado, carinho, fragilidade, leveza, apreciação.

• Roxo: Como transmite alto valor, sofisticação, realeza e luxúria, é utilizado em materiais finos, bem vistos no mercado.

• Verde: Representa o meio ambiente, a natureza, a tranqüilidade. As empresas têm adotado esta cor a seus materiais, pois passa a imagem de um pensamento ecologicamente correto.

• Vermelho: Utilizada para manifestar perigo, ação, energia, amor, força, aventura. Geralmente usa-se em produtor alimentícias, por aumentar o desejo de comida, uma vez que é a cor do sangue.

As 5 dias essenciais para garantir a qualidade das cores

1) Papel:

Como sabemos, existem variados tipos de papéis, como o offset, couché, triplex, duplex, entre outros.  É extremamente comum que estes papéis apresentem diferenças no resultado da impressão em relação às cores.

2) Tinta:

Temos também inúmeros tipos de tintas, como a tinta líquida, de uma impressora digital e a tinta offset, pastosa. Um mesmo material impresso com esses diferentes tipos, sairá com as cores alteradas. Com isso, a empresa deve utilizar a mesma tinta e é aconselhável que seja também, do mesmo lote. Tanto para a prova, quanto para o material final.

O tipo de tinta influencia na cor do impresso

3) Luz:

Outro fator importante é a luz de análise. Se visualizarmos o material com luzes diferentes, como luz natural, luz flourescente, luz incandescente, entre outras, alterará as cores do impresso. Para isso, não existe a solução exata. Há uma luz específica para cada tipo de material, a mais adequada para cada análise de cores, porém, se o cliente não as conhece, olhará em qualquer luz e verá a cor um pouco danificada.

A luz é um fator importante para a análise da cor

4) Secagem das tintas:

É preciso cuidado na hora de manusear o material. Este não sai completamente seco da impressão, portanto, é importante não mexer drasticamente no impresso, para que não borre ou manche.

5) Controles básicos:

Para que não fique extremamente caro para a empresa é possível fazer controles básicos, como: comprar tintas do mesmo fornecedor, usar perfil de cores genéricas para provas e comprar sempre um bom papel.

É comum que ocorram falhas nas cores em gráficas, porém distorções pequenas, que não afetem a qualidade do produto. Siga as dicas apresentadas acima e sua empresa se destacará no mercado de trabalho.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar