O que são RGB e CMYK?



A abreviatura RGB (Red, Green, Blue) representa o método de cores utilizado nos monitores, que fazem uso das cores Vermelho, Verde e Azul para compor imagens coloridas no computador. Já o padrão CMYK (Cyan, Magenta, Yellow, Black) emprega as cores Ciano, Magenta, Amarelo e Preto, e é utilizada para produção de materiais impressos.

Ao fazer a sua escolha de qual esquema de cores empregar em seu projeto, é importante lembrar que a proposta principal do RGB é reproduzir cores em monitores de TV e computadores de maneira fiel, enquanto a proposta do CMYK reproduzir da maneira mais fiel possível a maioria das cores do espectro visível. Por isso o CMYK é o esquema utilizado pela indústria gráfica. O método RGB, baseado em luz, não serve para impressão de materiais.

Em softwares como o Photoshop e o CorelDraw, pode-se observar exemplos da mistura de cores nos padrões RGB e CMYK, e o valor das cores presentes em cada mistura. Com o padrão CMYK, há alguns detalhes importantes a serem discutidos. O padrão CMYK representado nos softwares de imagens é baseado na mistura de cores no computador, enquanto o modelo CMYK usado em gráficas é baseado na mistura de tintas sobre o papel. Dessa forma, é necessário estudar com cuidado o material a ser impresso, pois nem todas as cores podem ser reproduzidas da mesma maneira quando transferidas do computador para o papel. É por isso também que há outros modelos de padrões de cores no mercado, sendo que o mais popular deles é o Pantone.

Se a sua imagem foi reproduzida no modo RGB, é possível convertê-la facilmente para o modelo CMYK com um software de edição de imagens. Basta verificar o resto do nosso FAQ e tutoriais para saber como fazer a conversão.